A sexta onda do meninismo
finalmente coincidirá
(nem tão fria, pênsil ou morosa)
com a roda do real paterno.

Agora que portamos nos olhos
gotas de mel, dirão os meninos
da sexta onda do meninismo,
seremos pais, calvos, mas zelosos

pais meninos aptos à conjuração
necessária da mãe da guarda e do toque
sempre que a hora pedir. Desengajados pais
rochosos em seus teares de confronto.

Os pais da sexta onda, os seus meninos
generosos e mães do mel e da roda
paterna do zelo quando mar e rocha
se encontram, serão as mães da sexta onda.

Anúncios